E o IRS que não chega cá a casa ...

Pois é... já fui duas vezes às Finanças para resolver as divergências que dizem que existem, por erro na informação do Modelo 10 entregue pela empresa onde trabalho, divergências que não têm nada a ver com a minha declaração de IRS, mas contudo isso, estão a pedir-me diversos justificativos para esclarecimento da situação (penso que é só para atrasar no pagamento) agora pedem-me os recibos de ordenado do ano de 2011 (todos)... quero ver o que me vão pedir a seguir!...


Esta é uma altura em que as nossas finanças estão a ser esticadas mesmo até ao limite... não há Subsidio de Férias do boss cá de casa, não sei quando vamos receber o IRS... só com o meu Subsidio de Férias não chega para termos férias como temos tido há já vários anos... está a ser muito complicado, estamos mesmo a perder qualidade de vida.

Depois de controlar o nosso orçamento doméstico, verifiquei que este ano o nosso corte tem que ser mesmo nas "férias no Algarve" custa mesmo muito, porque era a minha promessa de qualidade de vida, manter as férias no Algarve (11 dias) num apartamento com piscina e com vista para o mar, e  que pudesse levar o meu canito.

Hoje eu estou em casa porque o boss (cá de casa) está a trabalhar... e é esta a minha vida, hoje estou eu em casa e amanhã está ele de folga, estamos sempre desencontrados, por isso é que me custa tanto ter que cortar nas férias:(

Assim as nossas férias terão que ser passadas em casa e ir até às praias dos arredores. Podia ser pior, não podia?

Quem mais tem que cortar nas férias?

Desejo, a quem puder, um optimo domingo de praia!

Comentários

  1. Realmente é mesmo uma chatice. Não tanto pela questão das férias (que a isso sobrevive-se mesmo sendo triste) mas o facto de incomodarem tanto uma pessoa com o raio dos recibos e etc... Oh país "burocrático", credo!
    Votos de que TUDO melhore para esses lados.
    Beijinho

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares